ACEGIS - ONGD

Está nas nossas mãos construir sociedades pacíficas, justas e inclusivas. Defensoras dos direitos humanos, da igualdade de género e que assegurem a proteção duradoura e sustentável do planeta e dos seus recursos naturais.

Visite o website da iniciativa em fimdaviolencia.pt e participe nesta grande ação feminista!

Desde o início do ano e até 30 de setembro, foram assassinadas 24 mulheres em contexto de violência doméstica: uma mulher a cada 11 dias.

Basta de violência. Basta de desigualdade. Basta de discriminação.

Em destaque

25 de novembro: Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres

As Nações Unidas designaram o dia 25 de novembro como o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres para aumentar a conscientização sobre todas as formas de violência contra as mulheres.

16 Dias de Ativismo. Acabar com a Violência contra as Mulheres

A violência contra as mulheres e raparigas é internacionalmente reconhecida como uma violação grave dos seus direitos humanos, uma manifestação das relações, historicamente desiguais, entre homens e mulheres, baseada no género.

Violência de Género: Conselho da Europa aprova “Declaração de Dublin”

Na Declaração de Dublin, os Estados-membros do Conselho da Europa comprometem-se a combater a discriminação e a violência doméstica, sexual e baseada no género

25 de novembro: Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres
16 Dias de Ativismo. Acabar com a Violência contra as Mulheres
Violência de Género: Conselho da Europa aprova “Declaração de Dublin”

Pobreza, Desigualdades e Exclusão Social

Igualdade de Género

Índice de Igualdade de Género 2022: Europa continua a avançar a passo de caracol

A Europa continua a avançar a passo de caracol neste domínio, registando um crescimento de apenas 0,6 pontos desde a edição do ano passado. Se continuar a este ritmo, vai demorar 65 anos a alcançar a igualdade de género.

Índice de Igualdade de Género 2022: Europa continua a avançar a passo de caracol

Democracia e Direitos Humanos

Como humanidade temos a obrigação de garantir a universalidade da igualdade de direitos e da igualdade de oportunidades enquanto valores fundamentais.

Assuntos Sociais

Últimas Notícias | ACEGIS

A construção de uma sociedade onde a tolerância é respeitada, a união se faz pela diversidade e a paz é construída, só é possível se garantirmos a universalidade dos direitos humanos. Rejeitando o discurso do ódio, da xenofobia e do preconceito. Defendendo o direito universal de viver em igualdade e sem discriminação.