Associação ACEGIS

EAPN Portugal / Rede Europeia Anti Pobreza está a recrutar um/a Coordenador/a de Projeto

Formação superior em Ciências Sociais e Humanas e/ou com experiência comprovada em funções similares

Pretende-se que o/a Técnico(a) seja responsável pela Coordenação do projeto Click – Ativar Competências para a Empregabilidade de Públicos Vulneráveis.

Candidaturas até 09 de junho de 2020.

Descrição das funções

a) Desenvolver ações no domínio da empregabilidade e inserção socioprofissional de públicos desfavorecidos;

b) Estabelecer parcerias com entidades empregadoras que atuam na dimensão da responsabilidade social e entidades estratégicas no domínio da empregabilidade, para a ativação de competências para a empregabilidade de públicos vulneráveis.

c) Realizar estudo de avaliação/medição de impacto do projeto Click – Ativar Competências para a Empregabilidade assente numa lógica de transparência e de visibilidade estratégica dos seus resultados, a qual permita consolidar um caminho de inovação para o projeto.

Perfil

Qualificações académicas, experiência profissional e competências obrigatórias

    • Formação superior em Ciências Sociais e Humanas e/ou com experiência comprovada em funções similares;
    • Experiência em gestão de projetos e de equipas de trabalho;
    • Fluência em português e bons conhecimentos de inglês;
    • Domínio de software Office, Internet.

Formalização de Candidaturas

As candidaturas devem ser dirigidas via correio eletrónico, até ao dia 9 de Junho de 2020, para: geral@eapn.pt. No “assunto” deverá ser colocada a seguinte indicação: REC_EAPN Coordenação Projeto 1.ª FASE_2020

 

Após análise da documentação enviada passarão à 2.ª fase os/as candidatos/as considerados/as como tendo o perfil desejado pela EAPN Portugal para esta função.

Recomendamos!

Ainda não recebe a nossa newsletter?

Receba as nossa notícias e artigos no seu e-mail. Fique a par das nossas novidades.

Join 16.637 other subscribers

Todos os Direitos Reservados.

Telefone: (+351) 212 592 663

Intervimos ativamente para a construção e mudança de paradigma da Economia Social e Solidária.

Pela construção de uma sociedade mais justa, paritária e inclusiva.

Partilhar

Like this:

%d bloggers like this: