Associação ACEGIS

Contratação de Escolas

Recrutamento de Técnicos/as Especiais e Técnicos/as Especializados/as

As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos/as especializados

O processo de candidatura é aberto através da aplicação informática disponibilizada para o efeito na página oficial da Direção Geral de Administração Escolar (SIGRHE).

De acordo com o Ministério da Educação, o reforço de 800 psicólogos/as, educadores/as sociais, mediadores/as e outros técnicos/as de intervenção social vão ajudar à concretização de medidas centradas em dimensões essenciais para o sucesso e inclusão educativos, nomeadamente o aperfeiçoamento de competências sociais, emocionais e de desenvolvimento pessoal, o aprofundamento da relação entre escola e família e o envolvimento da comunidade na parceria para o sucesso.

 

 

A divulgação das ofertas não dispensa a consulta da informação constante na plataforma SIGRHE

O Portfólio deve ser obrigatoriamente enviado para o e-mail: concursos.cescola@ae2serpa.pt até ao encerramento do horário.

Licenciatura na área de Ciências Sociais e Humanas (Sociologia, Psicologia, Filosofia e equiparados)

Técnico/a de  Serviço Social

35 horas

Técnico/a de  Serviço Social

35 horas

Inscrição na Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Os Currículos deverão era enviados, em formato eletrónico não editável, devidamente identificados com o nome do candidato, no máximo de 5 folhas, letra Areal, tamanho 12, para o endereço de e-mail aealgueirao@centroqualifica.gov.pt até ao último dia de candidatura ao concurso.

Licenciatura ou grau académico superior em Psicologia do trabalho e das Organizações

Recomendamos

Governo abre concurso para 800 novos técnicos/as especializados/as nas escolas

Ainda não recebe a nossa newsletter?

Receba as nossa notícias e artigos no seu e-mail. Fique a par das nossas novidades.

Join 16.635 other subscribers

Associação para a Cidadania, Empreendedorismo, Género e Inovação Social

Todos os Direitos Reservados.

Telefone: (+351) 212 592 663

Intervimos ativamente para a construção e mudança de paradigma da Economia Social e Solidária.

Pela construção de uma sociedade mais justa, paritária e inclusiva.

Partilhar

Like this:

%d bloggers like this: