Associação ACEGIS

Asilo e Migração

Três em cada 10 requerentes de asilo na UE são crianças

Em 2020, três em cada 10 requerentes de asilo pela primeira vez à UE eram crianças, das quais 10% eram criança não acompanhadas.

Três em cada 10 requerentes de asilo pela primeira vez à União Europeia (UE) eram, em 2020, menores de 18 anos, dos quais 10% eram crianças não acompanhadas, revelam dados divulgados pelo Eurostat.

 

Em 2020, 129.630 crianças (menores de 18 anos) apresentaram um pedido de asilo à UE pela primeira vez, o que corresponde a 31% do número total de pedidos de asilo pela primeira vez registados na UE. Entre essas crianças, 10% eram menores não acompanhados, correspondendo a 3% do número total de requerentes de asilo pela primeira vez.

Nos Estados-Membros da UE, a percentagem de crianças no número total de requerentes de asilo pela primeira vez variou em 2020 de 54% na Alemanha a 6% na Eslováquia, enquanto a percentagem de menores não acompanhados no número total de requerentes de asilo pela primeira vez foi a mais elevada na Bulgária (23%) e a mais baixa em Espanha (0,1%). Na Tcheca, Estônia, Letônia, Lituânia e Hungria, nenhum pedido de menores não acompanhados foi registrado em 2020.

 

Em Portugal, foram apresentados, em 2020, 95 pedidos de asilo de menores não acompanhados (que compara com 45 em 2019 e 40 em 2018) de um total de mil primeiros pedidos de asilo feitos ao país nesse ano (comparando com 1.820 em 2019 e 1.285 em 2018).

 

No que diz respeito ao país de nacionalidade dos menores requerentes de asilo pela primeira vez em 2020, mais da metade (52%) das crianças tinha cidadania de um país asiático, 22% de um africano, 13% de um americano e 9% de um europeu (não -EU) cidadania do país. A Síria (25% do número total de crianças requerentes de asilo pela primeira vez) era a principal cidadania dos menores requerentes de asilo em 2020.

A percentagem de menores não acompanhados no número de crianças requerentes de asilo pela primeira vez por continente era de 15% para a Ásia e 11% para África, enquanto esta percentagem era apenas igual a 2% para a Europa (não UE) e 1% para a América. Em 2020, o principal país de cidadania dos requerentes de asilo considerados menores não acompanhados era o Afeganistão (41% do total da UE de todos os requerentes considerados menores não acompanhados).

Ainda não recebe a nossa newsletter?

Subscreva gratuitamente a nossa Newsletter e receba as nossas notícias e artigos no seu e-mail!

Join 16.869 other subscribers

Artigos em destaque

Todos os Direitos Reservados.

Telefone: (+351) 212 592 663

Intervimos ativamente para a construção e mudança de paradigma da Economia Social e Solidária.

Pela construção de uma sociedade mais justa, paritária e inclusiva.

Partilhar

Like this:

Like Loading...
%d bloggers like this: